Montar um roteiro em Curitiba não é nada difícil, afinal a cidade tem um monte de atrações bem legais e surpreendentes.

Curitiba é uma cidade muito especial pra mim, pois foi onde nasci. Embora tenha vindo muito pequena morar em São Paulo, ela tem um valor especial. E foi pra lá que eu e a Renata fomos encontrar outros blogueiros com o propósito de trocarmos experiências e vivências de tudo o que acontece nesse mundão!

Aproveite este roteiro de Curitiba e curta muito esta cidade tão agradável, arborizada e com a população mais feliz que já encontrei até hoje. Sim, os curitibanos são felizes, recebem muito bem os turistas e amam a sua cidade. É muito provável que isso faça toda a diferença no dia a dia das pessoas que visitam a cidade.

Linha turismo Curitiba
Este é o ônibus da Linha Turismo

A principal dica que posso dar para conhecer boa parte de Curitiba é pegar a Linha Turismo – esse ônibus de dois andares aí da foto acima. Ele para em vários pontos da cidade e você desce aonde quiser. O primeiro horário em que ele sai da Praça Tiradentes (centro) é às 9h e, praticamente, a cada meia hora saem outros até às 17h30. O trajeto todo tem 25 paradas e, se você não descer do ônibus percorrerá todas essas atrações em 3h. Mas a graça é ver tudo bem de perto, não é mesmo? Portanto, reserve um dia inteiro para conhecer as principais atrações, que estão listadas abaixo.

Roteiro em Curitiba – Dia 1

Jardim Botânico

Principal cartão postal da cidade, o Jardim Botânico é um parque delicioso de visitar, além de lindo! Inaugurado em 1991, a famosa estrutura metálica é um grande jardim, que conta com diversas espécies de plantas e flores. O mais interessante é caminhar entre as plantas e flores, curtindo a paisagem.

Jardim Botânico Curitiba
Olha a gente no Jardim Botânico. Linda paisagem!

Mercado Municipal

Eu adoro visitar os mercados municipais das cidades onde estou. Acho interessante ver o tipo de comércio que tem por lá, as frutas, os feirantes, procuro produtos locais pra conhecer… tudo é interessante. O Mercado de Curitiba, por exemplo, tem uma área destinada somente a produtos orgânicos. Inaugurado em 2009, ela é o primeira do Brasil dentro de um local como este.

Mercado Municipal Curitiba
Pelos corredores do Mercadão

Paço da Liberdade

Antiga sede da prefeitura da cidade, o Paço hoje é um centro cultural. Em um lindo prédio de 1916 abriga livraria, café, biblioteca, auditório e salas de exposição. O Paço da Liberdade foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Paço da Liberdade
Que prédio lindo do Paço da Liberdade. Foto cedida pelo Blog Aos Viajantes

Passeio Público

O Passeio Público é o parque mais antigo de Curitiba: foi inaugurado em 1886.  Antigamente, o local abrigava também um zoológico com grandes animais, como um urso! Com o tempo, o lugar ficou pequeno e os animais foram transportados. Atualmente, o Passeio Público conta somente com algumas aves, macacos, répteis e peixes. Interessante também conhecer o terrário, com 16 tipos de serpentes e e o aquário, reaberto em 2017 e que conta com animais resgatados pelos órgãos ambientais.

Museu Oscar Niemeyer

Para terminar este primeiro dia visite o Oscar Niemeyer, um orgulho para a cidade. O museu, considerado o mais moderno do Brasil leva este nome porque foi projetado pelo arquiteto em 1967. Foi inaugurado em 2002 e é conhecido como “Museu do olho”, por causa do seu formato inusitado.

Museu Oscar Niemeyer
O “Museu do “Olho”

O Niemeyer tem um acervo de mais de 7 mil obras nas áreas de artes visuais, arquitetura e design e já realizou cerca de 350 mostras nacionais, internacionais e itinerantes. Mais informações no site do Museu Oscar Niemeyer.

Já se convenceu a ir a Curitiba? Reserve seu hotel com nosso parceiro, confira aqui as tarifas dos principais hotéis na cidade.

 

Roteiro em Curitiba – Dia 2

Universidade Livre do Meio Ambiente/Bosque Zaninelli

Bosque criado a partir da desativação de uma pedreira, o local forma uma paisagem bem bonita! Por lá funciona a Universidade Livre do Meio Ambiente, ou Unilivre, um espaço construído com materiais rústicos, que representa os quatro elementos da natureza: terra, fogo, água e ar.

Unilivre
Esse é o “quintal” da Universidade do Meio Ambiente

Fundada em 1991 a Unilivre foi a primeira do mundo a funcionar neste modelo, ensinando conhecimento ambiental para toda a população. Na universidade são realizados estudos sobre ecologia e meio ambiente, além de cursos sobre energia solar e eólica. Existem também diversas opções de pós-graduação à distância.

Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminsky

Opera de Arame Curitiba
Espetáculo de lugar!

Outro ponto turístico famoso de Curitiba, a Ópera de Arame é um teatro feito com estrutura tubular e teto transparente, que exibe diversos tipos de espetáculos. Visitamos o local a noite e a Ópera toda iluminada é inegavelmente deslumbrante, pois o espaço compõe um cenário especial que junta a pedreira e um lago.

Neste dia pudemos conferir um show ao vivo de musica instrumental em um palco móvel, que desliza pelo lago. Maravilhoso! Este show acontece de terça à domingo, das 10h às 18h.

Roteiro em Curitiba
Show de música na Ópera de Arame

A Ópera de Arame oferece diversos tipos de espetáculos. Mesmo que você não consiga assistir nenhum deles, não deixe de ir ao local conhecer o espaço. Através de um tour guiado é possível conhecer áreas que anteriormente não eram abertas ao público, como o palco.

Ao lado da Ópera fica a Pedreira Paulo Leminsky, um espaço ao ar livre para 20 mil pessoas e onde acontecem os grandes shows na cidade. Em breve este complexo irá ganhar um teleférico, que vai irá conectar a Ópera de Arame à Pedreira. Com cabine de vidro, os visitantes poderão apreciar a vista do trajeto. A previsão de inauguração é agora em dezembro.

Aproveite e cheque a programação da Ópera de Arame e de todos os eventos que rolam pela cidade no site Curta Curitiba.

Parque Tanguá

Que delícia de parque! O Tanguá é bastante freqüentado pelos moradores da cidade e nos contaram que lá é o local ideal para apreciar o melhor por do sol da cidade. Quase conseguimos, foi uma pena não poder ficar, mas conferimos diversas fotos deste momento e posso dizer que sim, você deve ver o por do sol no Parque Tanguá!

Parque Tanguá
Assista a um por do sol no Parque Tanguá

Além disso, o parque conta com pista de caminhada, ciclovia e o mais inusitado um túnel de 45 metros que une duas antigas pedreiras e seus lagos. O túnel pode ser atravessado à pé ou por uma passarela sobre a água.

Parque Tingui

E como essa cidade tem parques, que delícia! Às margens do rio Barigui, o Tingui conta com lagos, parque infantil, pontes de madeira, ciclovia e muita área verde.

O Memorial Ucraniano, um museu instalado em uma igreja ortodoxa, é uma das atrações do parque. Lá existe uma exposição permanente de pêssankas (ovos pintados à mão), ícones e bordados. Ao lado da igreja está o campanário e o Memorial ainda conta com loja de souvenirs, com produtos artesanais.

 

Reserve já o seu hotel em Curitiba. Confira tarifas e opções aqui

Roteiro em Curitiba – Dia 3

Centro

O centro de Curitiba é muito rico culturalmente. O local mais famoso da região é a Rua das Flores (Rua XV de Novembro). O calçadão foi a primeira rua do Brasil a ser fechada para o trânsito de carros, sendo exclusiva para pedestres. Hoje concentra lojas, cafés, restaurantes e o Bondinho da Leitura, que serve como uma biblioteca para o empréstimo de livros. O apelido de Rua das Flores se deve ao grande número de arranjos de flores ao longo do calçadão, trocados a cada estação. Muitos artistas de rua se apresentam por ali também, é um local bastante diversificado.

Rua XV Curitiba
A Rua XV de Novembro com o Bondinho da Leitura. Foto cedida pelo blog Aos Viajantes

Sem muito ponto definido fica a Boca Maldita, famoso ponto de encontro de manifestantes populares. É também nessa rua que fica o Palácio Avenida, onde acontecem as apresentações natalinas.

Bem perto da XV de Novembro  fica a Rua 24 horas. Não é bem uma rua, mas uma galeria fechada. Antigamente ficava aberta 24 horas, daí o nome. Hoje porém, funciona até às 22h e concentra um variado comércio que conta com bares, restaurantes, lojas e serviços.

Rua 24 horas
Rua 24 horas. Foto cedida pelo blog Aos Viajantes

Marco zero da cidade, na Praça Tiradentes está a Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz, a padroeira de Curitiba. Na praça também existem algumas estátuas de heróis e monumentos que homenageiam nomes como Tiradentes, Getúlio Vargas e Marechal Floriano Peixoto. Uma passarela de vidro permite que os pedestres observem o calçamento do século XIX.

Setor Histórico

Também chamado de Centro Histórico, a região é formada por ruas de paralelepípedo e antigas casas construídas no século XVII. Com diversos bares, restaurantes e lojas, aos domingos o local conta com uma grande feira de artesanato, com mais de 2000 expositores.

O Largo da Ordem é coração do centro histórico e onde ficam monumentos, tais como: a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, a Casa Romário Martins, a mais antiga de Curitiba (século 18) e a Casa Vermelha, construída em 1891.

Próximo dali, na Praça Garibaldi, fica o Relógio das Flores. Ele tem oito metros de diâmetro e é lindo! Na mesma praça está a Fonte da Memória, em formato de cabeça de cavalo é um tributo aos imigrantes que transportavam seus produtos em animais que utilizavam este bebedouro.

Outro destaque do Setor Histórico e que contrasta com os prédios antigos é o Memorial de Curitiba. Inaugurado em 1996, o espaço conta com mostras e exibições sobre a arte e a cultura da cidade. Por lá também são realizadas apresentações de música, exposições, palestras e peças de teatro.

Torre Panorâmica

Torre Panorâmica curitiba
Na Torre é possível ter uma visão 360 graus de Curitiba

Com quase 110 metros de altura, esta torre de telefonia é a única no Brasil aberta à visitação. Inaugurada em 1991 de lá de cima é possível ter toda Curitiba em 360 graus. No piso do mirante existe um mapa em alto relevo com pontos importantes da cidade. Nas paredes um painel de Poty Lazzaroto, que mostra o desenvolvimento da capital paranaense.

 

Roteiro em Curitiba – Opcional Dia 4

Se você ainda tem um dia para aproveitar a cidade, minha sugestão é fazer três programas. Ou tente encaixá-los nos seus dias anteriores, mas vá!

Primeiramente vá a Morretes, uma cidade pequenininha e próxima da capital que é famosa pelo barreado:  um cozido de carne com farinha muito gostoso! Peça como acompanhamento a banana frita recheada com carne. Parece estranho, mas te garanto que é deliciosa!

Em Morretes é possível encontrar também artesanato, as famosas balas de banana e muita cachaça, já que a cidade é considerada a capital da bebida no Paraná.  Além disso, os restaurantes na beira do rio são bem charmosos.

Morretes
A simpática Morretes

O ponto alto da visita é ir pra lá (ou voltar) de trem! O Jornal britânico The Guardian classificou este passeio como um dos 10 mais espetaculares do mundo. Passamos por 41 pontes, 13 túneis e muitos pontilhões. Se o dia estiver bonito será lindíssimo, a paisagem irá surpreender e o por do sol promete ser inesquecível! O passeio dura em torno de 3h30 horas, dependendo do movimento da ferrovia. É possível comprar o ingresso e ter mais informações no site da Serra Verde Express.

Trem Curitiba-Morretes
E a Renata posou no trem!

Comida de Boteco

Depois do passeio de trem se entregue à boemia! Curitiba tem uma vida noturna e gastronômica bem agitada. São diversos bares e restaurantes espalhados pela cidade. O Batel é o mais moderninho dos bairros, com agito garantido.

Minha sugestão é fazer um tour por alguns dos bares, organizado por nossa amiga Carol do Blog Mochilão Trips. O tour Comida de Boteco passa por quatro deles, onde é possível experimentar diversos petiscos deliciosos e, de quebra, conhecer bares descolados! São 8 roteiros diferentes, confira todos os detalhes no site oficial do tour.

E aí termina nosso roteiro em Curitiba com as principais atrações da cidade. Mande seu comentário, caso tenha feito algum programa que não está nesta lista e curta cada momento nesta cidade tão encantadora!

Café do Viajante

Café do Viajante Curitiba
O café mais charmoso de Curitiba!

Ah, o Café do Viajante… sabe aqueles lugares aconchegantes de onde você não quer mais sair? Assim é este café. Cada cantinho remete a um lugar do mundo, tudo muito bem pensado. E os variados tipos de cafés então? Maravilhosos e preparados com blends exclusivos. Não deixe de experimentar o pão de queijo, um dos mais gostosos que já comi na vida. E eu sou viciada em pão de queijo!!!

O Café do Viajante fica no Centro Cívico. Se estiver ali perto, vá conhecer. Mais informações no site.

Onde ficar? Veja aqui o hotel onde nos hospedamos, o Grand Hotel Rayon. Super recomendo!

Espero que vocês tenham gostado deste roteiro. Curitiba é uma cidade encantadora! Orgulho de poder dizer que sou curitibana, pelo menos de nascimento, né?

Deixe seu comentário logo abaixo me contando das suas experiências pela cidade.

 

Agora que você já tem todas as dicas sobre Curitiba, procure um hotel. 

Confira tarifas e opções aqui

 

Interessado em ir a São Paulo? Leia as matérias do blog sobre a cidade:

12 hotéis de praia para crianças no litoral de SP

Passeios para crianças em SP

Os melhores sorvetes de SP

10 melhores hotéis para ir com crianças perto de SP

 

Gosta do Viagem em Detalhes? Então aproveite para reservar sua viagem com os parceiros do Blog. Assim você nos ajuda e não paga nada a mais por isso.

 

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome