Vai pra Roma com crianças? Chegou ao lugar certo. Além de dicas de como programar sua viagem com os pequenos vou te dar sugestões de passeios na cidade.

Esse post faz parte de uma série que começou com Paris com crianças, Europa com crianças para o It Mãe e a série está só começando.

Família em Roma
Museus do Vaticano, já bem cheios logo cedo.

O foco desse artigo não são as crianças tão pequenas, até pela minha experiência atual. Meu filho acabou de fazer 9 anos e os interesses nessa idade já são bem diferentes, minhas dicas são mais focadas nessa idade.

Planejando a viagem para Roma com crianças

Se você já leu alguns desses posts que eu menciono acima, sabe a forma que eu penso com viagem com crianças. Acho muito importante gerenciar expectativas dos adultos e não esperar que uma viagem com crianças para a Europa será igual a uma viagem em casal.

Esse foi o primeiro botão que eu tive que mudar quando resolvi levar o Gabriel pra Europa pela primeira vez. Vai ser mais difícil fazer passeios sem rumo ou passar horas seguidas em algum museu e fazer longas jornadas sem uma paradinha pra descansar.

Lição de Casa pré viagem – Roma com crianças

Outra coisa que eu acho bem importante é fazer a lição de casa pré viagem, junto com eles. Eu utilizo vídeos no youtube, mapas, fotos, livros, vários recursos que podem aguçar a curiosidade do meu filho e prepará-lo para o que ele irá encontrar.

Conhecer o Coliseu era uma das coisas que ele estava mais animado, sabia que era utilizado para as batalhas de cavaleiros e que foi construído a quase 2.000 anos. Isso já o deixou bem curioso.

Nos museus do Vaticano, onde fica a famosa Capela Sistina, conheceríamos as famosas obras de Michelângelo, uma das tartarugas Ninjas. Aliás essa é uma dica que dá pra apresentar os 4 de uma vez: Leonardo (da Vinci), Rafael, Michelângelo e Donatelo. Gabriel ficou super curioso, afinal porque foram tão importantes e viraram nome de super heróis? Querem conhecer o que eles fizeram.

O Vaticano por exemplo, é um passeio meio cansativo pra eles. Já prevendo isso eu já apelei para os lanchinhos, balinhas, sorvete, chocolate. E até para o Pokemon Go, aquele jogo de caçar Pokemons, funciona um pouco por aqui.

Roma com crianças
Piazza Navona

Também procuro intercalar atividades mais interessantes para crianças com outras para os adultos, afinal a viagem é da família. Também não pode ser o tempo inteiro voltada para as crianças. Uns momentinhos de frustração em doses homeopáticas são bem vindos.

Também procuro relaxar com a alimentação pra não estressar sem razão. Mas vamos a prática:

O que fazer em Roma com crianças

Roma é uma cidade enorme, intensa, lotada em qualquer época do ano e incrível. Um planejamento prévio do que conhecer é importante para não ficar cansativo para as crianças e também para você.

Não tem muito como fugir dos mais importantes pontos turísticos de Roma com as crianças. Mas vou tentar te dar algumas dicas criativas para explorar os tradicionais, espero que funcione com vocês.

1. Vaticano e museus do Vaticano

Claro que uma viagem para Roma com crianças vai incluir uma visita ao Vaticano. O dia que você escolher pra esse passeio já sabe que será cansativo e longo.

Minha sugestão é contrate um guia para acompanhar durante a visita. Isso faz total diferença quando viajar com os pequenos. Nós fizemos com a Elmocar, empresa de brasileiros especializada em tours e receptivos na Itália.

Elmocar passeios em Roma

Eles são maravilhosos! Nossa guia Mariana, era nota mil, ela abaixava pra falar com o Gabriel e tinha toda a paciência do mundo pra explicar e ouvir as histórias dele. Fizemos uma parte pequena, fugindo das grandes muvucas, então achei que foi ótimo.

Museu do Vaticano com crianças

A Elmocar cuidou de tudo pra nós, comprou os ingressos para não pegarmos fila e nos buscou em nosso apartamento para o passeio. Nosso motorista Giacomo era uma simpatia, ele morou alguns anos no Brasil e ama nosso país, foi uma diversão conversar com ele. Clique aqui para solicitar seu orçamento, fale que viu no Viagem em Detalhes e peça um desconto especial.

Caso contratar um guia exclusivo fique fora do seu orçamento, nós vendemos através da Get Your Guide, ingressos para você não pegar fila. Não vá sem comprar antes. É muito fácil e seguro e o tempo economizado vai ser fundamental, eu te garanto. Veja aqui os ingressos.

2. Coliseu com crianças – Tour realidade virtual

O dia de visitar o Coliseu é mais um dia intenso. Para pegar os monumentos mais vazios além de comprar com antecedência os ingressos, sugiro chegar cedo.

Roma com crianças

Mesmo com ingressos sempre tem uma fila. A segurança na maioria dos monumentos e museus vai demandar uma passagem por um raio X, desses iguais aos de aeroporto, e isso naturalmente gera alguma demora na entrada.

Nós fizemos um tour que comprei pela Get Your Guide, com um óculos virtual que mostra como era o Coliseu na época dos gladiadores. Conta a história de Colosso de Nero a Estátua que deu o nome atual ao Coliseu, que antes era chamado de Anfiteatro Flaviano.

O Gabriel adorou, meus pais também acharam bem interessante, o audio do óculos 3D era em português de Portugal. Nós encontramos a equipe do Tour em frente ao Coliseu, devidamente sinalizada como o voucher indicava. Não espere um filme em alta definição e no estilo Gladiador para mostrar o Coliseu de antigamente, é mais uma animação, mas achei muito bem feito. Indico! Veja aqui na Get Your Guide como comprar.

Depois da experiência virtual entramos para o Coliseu para a visita real. Pegamos uma filinha, mas estávamos na fila “vip” que andava mais rápido. Ingressos para o Coliseu e Foro romano já eram inclusos. Tínhamos um guia para o grupo, mas ele não falava português, ele se virava para falar um pouco de inglês, italiano e espanhol e deu pra entender tranquilamente o que ele falava, muito atencioso.

Coliseu com crianças

Se você quiser uma empresa com guia em português para acompanhá-lo no Coliseu indico a Elmocar. É uma outra experiência, totalmente diferente, se estiver em um grupo o custo acaba sendo diluído e não fica tão pesado.

3. Fontana di Trevi

Inclua a Fontana de Trevi em um dia passeando por Roma, afinal é uma parada rápida para admirar a arquitetura dessa que é a fonte mais famosa do mundo.

Fontana di trevi

Nós fomos no verão e estava muito lotada! Muito mesmo! Sai até briga, as pessoas vão lá parece só pra tirar foto. Eu fico até um pouco incomodada com esse bingo que as pessoas fazem de pontos turísticos para o Instagram. Simplesmente dão uma passada, fazem o check e tiram várias fotos e partem para o próximo.

As vezes parece que as viagens se resumem em correr atrás de cada ponto tursístico e tirar foto. Andar pela cidade, comer uma comida gostosa, conversar com seus companheiros de viagem, isso pra mim é a melhor parte.

Se você quiser conhecer mais sobre a Fontana eu recomendo esse post do Blog Viajoteca.

Estando na Fontana, aproveite também para passar pela Piazza Navona e no Pantheon.

Gabriel na Piazza Navona. Tirar algumas fotos divertidas, também ajuda bastante a conseguir um sorriso para a foto.

4. Piazza di Spagna e área central

A Piazza di Spagna fica localizada numa área bem central da cidade. Logo em frente fica a Via Dei Condotti, onde se localizam as mais icônicas lojas como Louis Vuitton, Gucci, Hermés, Tiffany. Caminhando até o final dela, você chegará a Via del Corso. Por lá você encontra outras lojas não tão caras, como Mango, H&M, Zara, Nike, Sephora e uma Loja da Disney.

Piazza di spagna

Vale muito o passeio por lá com paradinhas para um sorvete, ou para almoçar nas ruazinhas paralelas. São bem típicas Romanas, bem estreitas, passam poucos carros, dada a restrição de circulação na área central. É ótimo pra caminhar.

Nesse dia nós almoçamos no Hotel de Russie. Um lugar incrível, verdadeiro oásis no centro de Roma. Foi uma delícia essa parada para o almoço num lugar arborizado, parece que você está no cenário de um filme. É um restaurante caro para os padrões da Itália, mas valeu muito a pena.

Hotel em Roma

O Hotel de Russie é das melhores opções de Hospedagem em Roma, mas o valor da diária é bem alta. Nós optamos por alugar um apartamento pelo Airbnb, foi muito bom.

Veja aqui o Hotel de Russie e outras opções de Hospedagem em Roma com o Booking, que é parceiro do Blog.

Lá por perto tem diversas outras opções interessantes de restaurantes, com os mais variados preços.

5. Piazza del Popolo

Aproveite a proximidade do centro e ande até a Piazza del Popolo, a praça do povo. No centro da praça um obelisco egípcio, conhecido como Obelisco Flamínio.

O ponto mais famoso é a Basílica Santa Maria del Popolo, construída em 1909 foi diversas vezes reformada posteriormente. E em 1513 alguns dos principais pintores da época, como Rafael, Caravaggio e Bernini, receberam a missão de decorar as paredes e o teto da Basília e das capelas.

Ao lado da Basília não deixe de ver a Porta del Popolo, local onde ficava o antigo portão romano, chamado de porta Flamínea. O portão atual foi reconstruído no século 16,

Do outro lado da praça você encontrará mais 2 igrejas, falam que são igrejas gêmeas, ficam uma ao lado da outra e são muito parecidas: uma é a Santa Maria dei Miracoli e a outra a Santa Maria in Montesano.

Para ter uma vista panorâmica da praça suba até os Jardins de Pincio, nós não fomos pois era uma boa caminhada e o calor era grande. Depois me arrependi, mas Roma é grande demais para consegui ver tudo em 4 dias. Inevitávelmente escolhas precisam ser feitas.

6. Ônibus Hop-on hop-off

Nas grandes cidades eu indico sempre para quem viaja com crianças. Esse ônibus, de dois andares e teto aberto, vai fazendo paradas nos pontos mais importantes da cidade. Roma tem um centro histórico que não é permitido entrar de carro, então não vai ser possível ver a cidade toda nesse passeio.

Roma Hop-on Hop-off

Mas para quem não vai andar tanto, que era meu caso com Gabriel e meus pais, foi ótimo. Deu pra ver um pouquinho do Foro Romano que não tínhamos visitado por conta do calor e passamos por alguns lugares que não teríamos conhecido se não fosse o ônibus.

Aqui coloco o link do tour que fizemos. Mas tem outras empresas que fazem esse roteiro pela Get Your Guide.

7. Castelo de Sant’ Angelo

O Castelo fica próximo ao Vaticano, mas com criança acabamos não fazendo no mesmo dia, pois o vaticano já é bem cansativo. Fizemos a parada do ônibus Hop on Hop off, em frente ao castelo.

O que fazer em roma

Ele fica na margem do Rio Tibre e foi construído nas ruínas do Mausoléu do imperador Adriano, hoje é um museu e oferece diferentes exposições de arte.

Por ser um castelo já tem um apelo interessante para as crianças, pontes, corredores estreitos, canhões, muralhas, salas secretas, são várias coisas que eles vão ver nesse passeio. O Gabriel gostou bastante.

Nós fomos cedo e não pegamos quase fila. Você pode comprar o ingresso antecipado com a Get Yor Guide, clicando aqui.

Gabriel adorou uma exposição que tinha de armaduras de cavaleiros, armas entre outras peças da época. Achei uma ótima opção de passeio com crianças em Roma.

Castelo de Sant'Angelo

Eu adorei essa visita, fizemos com bastante calma e depois acabamos almoçando por lá, um restaurante com uma vista incrível da cidade. Aliás no topo tem uma das mais lindas vistas de Roma, não deixe de subir, é meio cansativo mas valeu cada degrau.

8. Villa Borghese

Queria ter tido uma manhã a mais para conseguir visitar a Villa Borghese com calma. Nós passeamos lá, mas não deu tempo de fazer muita coisa pois já era final de tarde.

A Villa Borghese é o segundo maior parque de Roma com 80 hectares de jardins. Alguns edifícios históricos que abrigam museus e restaurantes. Um delas é a Galeria Borghese, um museu com obras de Caravaggio, Bernini, Da Vinci, Rafael, entre outros. Você pode comprar os ingressos por aqui pra evitar filas.

Ainda conta com um Zoológico, uma Ludoteca para crianças, o Museu Pietro Canonica, fontes maravilhosas, um lago que dá pra fazer passeio de barquinho. O parque é muito grande, você pode alugar uma bicicleta para dar uma volta, ou um carrinho elétrico, era minha ideia. Mas chegamos já ia fechar o lugar que alugava os carrinhos, acho que já era perto de 18hs.

Foi uma pena não termos aproveitado mais, com certeza é uma boa pedida em Roma com crianças esse passeio. Se tivéssemos mais tempo eu iria cedo para aproveitar as atividades do parque.

Pra quem quiser ver nossos stories da viagem, lá no Instagram do @viagememdetalhes está nos Destaques. Aproveitem para seguir e acompanhar sempre nossas dicas.

Quantos dias em Roma com crianças?

Eu recomendo pelo menos 4 dias em Roma para conhecer com tranquildade. Mas é o meu ponto de vista, eu gosto de fazer tudo com calma. Fui essa última vez em julho, estava muito calor então saíamos cedo e fazíamos uma paradinha de descanso no apartamento no meio do dia.

itália com crianças pequenas

Mas é algo muito particular, se você tem muito pique e gosta de fazer uma programação mais intensa até dá pra ficar menos dias.

Qual a idade adequada para ir a Roma?

Roma para bebês, não acho que é uma boa se você for usar carrinho. As ruas não são das mais adequadas, sem querer desanimar. Mas se você levar o sling pode ser uma solução boa.

Uma amiga foi agora a Londres e ficou supresa com a infraesturura para crianças pequenas, ela fez tudo com carrinho, então se for pra Europa com crianças menores quem sabe dá pra adaptar o roteiro.

Paris para fazer com carrinho de bebê também é mais fácil, leia aqui meu post Paris com crianças. Mas quem sou eu para falar para você não levar ou não seu bebê para Roma, afinal bebês nascem em Roma também e seus pais com certeza saem de casa com eles. Então depende do seu pique. Acho que o principal é o planejamento e a preparação do roteiro, como falei no começo. Nós vimos diversos bebês e crianças.

Seguro Viagem para crianças

Seguro Viagem é uma coisa que nunca viajo sem. Muita gente usa o do cartão de crédito, mas eu não acho mesmo uma boa alternativa. Já tive amigos que precisaram fazer pagamento de US$50mil numa emergência pra depois aguardar o reembolso.

Com a Seguros Promo é diferente você faz o seguro para não precisar desembolsar nada em caso de emergências.

Para essa viagem utilizamos o seguro da GTA. Eu gosto muito das opções de cobertura e da forma como podemos visualizar essas informações no site da Seguros Promo.

Clique para fazer um orçamento online e ver como sai barato fazer seu seguro com a Seguros promo.

Espero que tenham curtido as dicas de Roma com crianças. Deixem aqui suas dúvidas e comentários que ficamos felizes.

Aproveite para ver mais posts sobre viagens com crianças aqui no Blog:

Paris com crianças – Dicas e experiências
Um sonho de roteiro pela Provence
Conheça a luxuosa categoria de Hotéis Palace na França

Aproveite para reservar sua viagem com os parceiros do Blog. Você não paga nada a mais por isso, conta com alguns descontos e nos ajuda a continuar criando conteúdo de qualidade para vocês!

14 COMENTÁRIOS

  1. Oi!
    Obrigada por indicar nosso post do Viajoteca, ficamos felizes em ver nosso post por aqui. Mas o que eu adorei mesmo foi esta indicação do passeio com óculos virtual, que bacana!!! Fui começo deste ano com minha filha pra Roma e se eu soubesse deste tour, teria feito com certeza! Deve ser muito legal! 😀
    Um abraço pra vc!

    • Oi Carina,
      Tudo bem? 🙂 Ah que bom que curtiram. O óculos virtual foi super legal, meu pequeno adorou, e é uma ótima forma de visualizar como era antes e entender a história.
      Obrigada pela mensagem, um abraço também!
      Bjs
      Renata

  2. que legal esse passeio com realidade virtual com ctz as crianças ficam bem mais interessadas no passeio, pois deve ser dificil imaginar a quantidade de historia que ja rolou em roma!

  3. Muito bacana esse POST de Roma com crianças! Acho super importante entender que o ritmo e os programas mudam nesse caso. Também faço isso com meu filho. Mas nunca chamei ele para participar do planejamento. Curti essa ideia!

    • Oi Mariana, obrigada! Ah, aqui ele adoram participar do planejamento e coloco ele pra pesquisar as coisas no youtube…Funciona bem.
      Beijos,
      Renata

  4. Depois de ler seu blog como estou animada de levar meus filhos para Roma! Com planejamento eles vão se divertir muitoo, seu post vai ajudar demais.Parabéns pelo blog, apaixonada!

    • Oi Michele,
      Ai que delícia receber uma mensagem assim. Você não sabe como é importante esse feedback para continuarmos fazendo o trabalho motivadas. Essa é a maior recompensa!
      Um beijo grande, precisando me escreve.
      Renata

  5. Oi Renata, estou adorando suas dicas e seu blog!!! Estou me programando para ir no meio do ano com minha família (mãe, irmã e sobrinha de 10 anos). Fiquei com uma dúvida, tanto em Paris quanto em Roma como era seu deslocamento pela cidade? É fácil utilizar transporte público ou seria melhor alugar carro ou usar de taxi? Obrigada

    • Ai Alessandra,
      Que bom que gostou!! 🙂
      Olha eu andei bastante de metro em Paris, algumas vezes de Uber, mas metro super tranquilo. Em Roma, não é muito fácil Uber, andamos a pé e de taxi mesmo na maioria das vezes que fomos mais longe. Acabamos não andando de metro por lá, pois a estação que era perto do apartamento onde estávamos estava em reforma… Mas estando num lugar bem localizado facilita bem o deslocamento.
      Ótima viagem! Vai ser maravilhosa, aproveite muito.
      Beijos,
      Renata

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome