Procurando o que fazer em Porto Alegre? A capital mais ao sul do país, no estado do Rio Grande do Sul, se destaca não só pelo frio, mas também pela arte exposta em seus museus e pela diversidade de pontos turísticos ao ar livre. Há uma grande oferta, portanto, de atrações para conhecer.

O que fazer em Porto Alegre
Porto Alegre, vista aérea. Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

Fizemos um roteiro para você poder aproveitar o que a cidade gaúcha tem de melhor a oferecer. Uma forma de descobrir em pouco tempo boa parte do que a cidade oferece é pegar um daqueles ônibus da linha turismo. Com ele, é possível ter uma ideia geral da cidade.

Vai pra Miami? Conheça nossa seleção dos melhores 5 estrelas da cidade.

Para quem vai passar mais de 3 dias, pode repetir com mais calma os lugares que mais gostou. O city tour conta com dois passeios: o primeiro é feito pelas principais atrações do centro histórico. O segundo explora a zona sul da cidade.

O que fazer em Porto Alegre
Ônibus da linha turismo. Foto: Eduardo Beleske/PMPA

O roteiro do centro histórico pode ser feito de terça a domingo, das 9h às 16h. As saídas acontecem no bairro Cidade Baixa, junto à Secretaria de Cultura, e no Mercado Público. Já o passeio para a zona sul damos todas as informações lá no final do post. Vamos ao roteiro!

O que fazer em Porto Alegre – Dia 1

Explore o Centro Histórico 

Fazendo ou não o city tour, o seu roteiro sobre o que fazer em Porto Alegre deve começar na região central da cidade, onde estão as principais atrações, como os prédios históricos, comércio e diversas opções de gastronomia.

Mercado Público 

No Centro Histórico está o Mercado Público, que oferece muitos restaurantes, das mais diversas cozinhas. Lá, é possível também fazer compras, seja de alimentos e temperos, seja de artesanato ou de erva mate para experimentar a bebida típica gaúcha, o chimarrão. 

O que fazer em Porto Alegre
Mercado Público de Porto Alegre. Foto: Ivo Gonçalves/ Arquivo PMPA

Praça da Alfândega 

A Praça da Alfândega fica próxima do Mercado Público. É famosa por reunir em seu entorno alguns dos principais museus de Porto Alegre, tais como o Farol Santander (antigo Santander Cultural), o Memorial do Rio Grande do Sul e o Museu de Arte do Rio Grande do Sul.

O que fazer em Porto Alegre
Praca da Alfândega. Foto: Maria Ana Krack/PMPA

O Farol Santander é um pólo de incentivo a artes visuais, cinema, música e conhecimento, que recebe atividades variadas. O Memorial do Rio Grande do Sul é um museu voltado para a preservação da cultura gaúcha, com a exposição de objetos, mapas, fotos, livros e depoimentos sobre os principais fatos ocorridos no estado. Já o Museu de Arte do Rio Grande do Sul reúne mais de 5.000 obras de arte, desde a primeira metade do século XIX. Através de pinturas, esculturas, gravuras e cerâmicas, entre outras linguagens, o Museu é um dos principais do país.

Procurando por restaurantes em Porto Alegre? Veja aqui uma lista com 20 opções.

A Praça da Alfândega é muito arborizada e é possível ficar um tempo por ali apreciado o verde, descansando ou só observando suas fontes. Além disso, bem pertinho, está a Casa de Cultura Mario Quintana, um antigo hotel (Hotel Majestic) onde viveu o poeta gaúcho e que reúne obras de diferentes artistas ligados a cultura do Rio Grande do Sul. Um dos maiores e mais aparelhados centros culturais do Brasil.

O que fazer em Porto Alegre
A Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ). Foto: Joel Vargas/PMPA

Praça da Matriz 

Outra praça do centro histórico que reúne muitas atrações é a Praça da Matriz. Ao seu redor, estão o belíssimo Teatro São Pedro, a Catedral Metropolitana e o Palácio Piratini.

O que fazer em Porto Alegre
Praça da Matriz, bairro Centro Histórico. Ao fundo, a catedral Metropolitana. Foto: Joel Vargas/PMPA

O Teatro São Pedro apresenta espetáculos interessantes para adultos e crianças. Confira a programação no site oficial do teatro. Quem sabe tem algum espetáculo interessante te esperando?

Já a Catedral Metropolitana, conhecida também como Igreja Matriz Nossa Senhora Madre de Deus de Porto Alegre, é um belíssimo edifício renascentista e pode ser visitada todos os dias até às 19h.

O Palácio Piratini é a sede do governo do estado e tem 98 anos de idade. Em estilo neoclássico chama a atenção por sua beleza e sofisticação de influência francesa. É possível fazer visitas guiadas e gratuitas no Palácio. Elas acontecem de segunda a sexta-feira, às 9h30, 10h30 e 11h30. A tarde os horários são 14h, 15h, 16h e 17h. Para fazer a visita é só chegar ao local minutos antes.

O que fazer em Porto Alegre
Palácio Piratini Fotos: Cesar Lopes/ PMPA

Ainda na Praça da Matriz está o moderno prédio da Assembleia Legislativa. Muito próximo dela, na Rua Duque de Caxias, é possível visitar o Museu Júlio de Castilhos, o mais antigo do estado e foi construído em 1887. O acervo do Museu conta com mais de 10 mil peças que exibem a história do Rio Grande do Sul. A visitação ao Museu é feita de terça a sábado, das 10 às 17 horas. Mais informações no site do Museu.

Dica: a uma quadra da Catedral Metropolitana fica o Viaduto Otávio Rocha, na Avenida Borges de Medeiros. Do alto do viaduto é possível ter uma bela vista da cidade, tanto do centro histórico, com o lago Guaíba ao fundo, quanto dos morros da zona sul. Vale dar uma paradinha por ali.

Já ouviu falar de Carmelo, a região vinícola do Uruguai? Conheça aqui!

O que fazer em Porto Alegre – Dia 2

Usina do Gasômetro 

No segundo dia do roteiro do que fazer em Porto Alegre, é possível aproveitar para conhecer melhor as paisagens naturais da cidade, todas à beira do Guaíba, que é o lago que percorre parte do centro da cidade e da zona sul, uma atração à parte.

O que fazer em Porto Alegre
Usina do Gasômetro – Estaleiro. Foto: Joel Vargas / PMPA

No entanto, antes de conferir as belezas naturais, a dica é conhecer a Usina do Gasômetro. Trata-se de um importante centro cultural instalado em uma antiga usina de geração de energia. O local é palco, principalmente aos finais de semana, de manifestações culturais e shows. 

O que fazer em Porto Alegre
Vista aérea da Usina do Gasômetro. Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

O prédio da Usina do Gasômetro é lindo e a noite fica iluminado, dando um charme à região. Infelizmente o local está fechado para reformas desde 2017 e parece que só será reaberto em 2021.

Orla do Guaíba 

Junto à Usina do Gasômetro está a orla do Lago Guaíba. O Parque Urbano da Orla do Lago Guaíba, foi projetado pelo arquiteto Jaime Lerner, um dos cinco urbanistas mais influentes do século 20.

Por boa parte de sua extensão é possível realizar um passeio pela grama ou pelos seus decks. Há também restaurante e bares, bem como banheiros, quadras esportivas, ciclovia, aluguel de bicicletas, aparelhos de ginástica e demais atrações, que podem ser aproveitadas durante todo o dia.

O que fazer em Porto Alegre
Orla Moacyr Scliar. Foto: Alex Rocha/PMPA

Parque Marinha do Brasil 

Continuando o passeio pela orla, vá até o Parque Marinha do Brasil, uma imensa área verde e mais uma opção para curtir o belíssimo pôr do sol no Guaíba. Este é o local certo para quem gosta de ver o fim do dia chegar. O parque conta com sanitários, quadras de esporte e pista de skate.

O que fazer em Porto Alegre – Dia 3

Zona sul 

Mesmo com tantas opções de passeios ao ar livre, quem deseja sair um pouco do centro urbano da capital gaúcha pode se aventurar pela zona sul da cidade. Uma forma prática de fazer o passeio é com o ônibus turismo, como falado no início do post.

Nesse roteiro, o city tour passa por outros pontos turísticos, tais como a praia de Ipanema, a Rota Turística Caminhos Rurais e o Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus.

O que fazer em Porto Alegre
Praia de Ipanema. Foto: Brayan Martins/ PMPA

Praia de Ipanema e Caminhos Rurais

O bairro de Ipanema está às margens do Gaíba e tem realmente uma prainha, onde a população pratica esportes em seu calçadão e ciclovia. Já a Rota Turística Caminhos Rurais é um passeio bem peculiar: a zona rural ocupa 30% do território de Porto Alegre e abrange 11 bairros, onde se localizam propriedades que fazem parte dos Caminhos Rurais.

O visitante, portanto, dentro destas propriedades pode realizar eventos, andar à cavalo, ter uma experiência gastronômica, comprar produtos orgânicos, flores e mudas, além de ecoturismo e turismo cultural, onde é possível conhecer mais sobre a história da região e de suas colonizações. Saiba mais sobre todas as propriedades aqui.

Finalmente o Santuário Nossa Senhora Mãe de Deus é uma igreja católica que se tornou um ponto turístico porque fica no alto do morro da Pedra Redonda e oferece uma vista de 360 graus da cidade.

O roteiro da zona sul com o ônibus turístico acontece de terça a domingo, apenas em dois horários: às 10h e às 15h.

O que fazer em Porto Alegre – Dia 4

Caso você tenha mais um dia em Porto Alegre, pode aproveitar para conhecer os parques, bastante frequentados pelos habitantes da cidade, tanto para praticar esportes, como para diversão.

Parque Farroupilha – Redenção

Porto Alegre oferece muitas opções ao ar livre. Por isso, em mais um dia na capital gaúcha você pode conhecer a famosa Redenção. É assim que se chama o Parque Farroupilha, na região central da cidade.

Além das suas mais de 10 mil árvores, de espécies variadas, o local conta com caminhos sinuosos em meio ao verde, espelho d’água, o Monumento ao Expedicionário, espaços temáticos (como o Recanto Oriental) e muito mais. Outro destaque é o Brique da Redenção, uma feira que reúne artesanato, antiguidades, artes plásticas e alimentação. Junto à feira, que acontece aos domingos, é comum encontrar artistas manifestando a sua arte.  

Parque Moinhos de Vento – Parcão

Mas não é só de belezas naturais e muita cultura que vive a cidade de Porto Alegre. Durante a noite a dica é conhecer o bairro Cidade Baixa, famoso pelos inúmeros restaurantes e bares que possui. É o local certo para jantar e curtir a balada.
Parque Moinhos de Vento – Parcão. Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

Não muito distante está outro importante parque da cidade, que leva o mesmo nome do bairro onde está localizado, embora seja mais conhecido como Parcão. Além de muitas árvores e ciclovia no seu entorno, se diferencia pelo lago artificial que abriga tartarugas, gansos e outras espécies.

O parque oferece opções de lazer como quadras de futebol, tênis, vôlei e aparelhos de ginástica. Para os pequenos conta com um parquinho e uma biblioteca infantil.

Jardim Botânico 

Apesar de não ficar perto dos parques citados acima, o Jardim Botânico é uma ótima opção de passeio. Nele é possível caminhar pelos seus 39 hectares, percorrendo trilhas, fazendo piqueniques, apreciando flores, lagos e o viveiro, entre outras atrações.

O que fazer em Porto Alegre: vida noturna na Cidade Baixa 

Diversão na Cidade Baixa

Mas não é só de belezas naturais e muita cultura que vive a cidade de Porto Alegre. Durante a noite a dica é conhecer o bairro Cidade Baixa, famoso pelos inúmeros restaurantes e bares que possui. É o local certo para jantar e curtir a balada.

Mas se você prefere apenas beber um chope ou um drink, a variedade de opções é ainda maior. Pelas ruas do bairro é possível encontrar muitos bares famosos pelas cervejas artesanais que produzem e comercializam.

Da mesma forma, existe uma ampla variedade de cardápios, que vai do hambúrguer, passando pela pizza e chegando ao cachorro quente e demais tipos de fast food, até pratos mais elaborados, para todos os gostos.

Leia outros posts do Viagem em Detalhes que podem te interessar:

Roteiro em Curitiba

Hotéis Pet Friendly: opções pelo Brasil

Hotéis para casais: 16 opções românticas

Planeje sua viagem com os nossos parceiros abaixo!

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome