O Le Pigonnet é daqueles Hotéis que fazem você se sentir no cenário de um filme. É um charme de lugar, uma delicadeza no atendimento e nos detalhes. Foi perfeito para a nossa estadia de 4 dias enquanto exploramos a região da Provence, na França.

O Hotel tem um jardim apaixonante, com uma história incrível. Ninguém menos que Paul Cézanne, gostava de caminhar por ele com seu cavalete de onde observava ao longe o Mount Saint-Victoire.

Le Pigonnet
Essa era a vista do nosso quarto!! Ao fundo a Montanha Saint-Victoire.

Fala se estou exagerando e não é incrível esse jardim! Algumas obras de arte compõe esse cenário perfeito.

O Hotel – Le Pigonnet

Localizado em um charmoso prédio do século 18. O Hotel fica a uns 15 minutos de caminhada do centro de Aix-en-Provence.

O Le Pigonnet conta com 40 quartos e 4 suítes, todos reformados recentemente. Segue um estilo provençal mas com muita modernidade e sofisticação. A maioria dos quartos conta com entradas USB na cabeceira da cama, ar condicionado digital e muito conforto!

O atendimento é excepcional, já me faltam adjetivos. Fizeram de tudo para conseguir nossos 2 dias extras que incialmente não estavam reservados. Depois realizaram a troca das nossas malas entre os quartos, enquanto passeávamos por Avignon. A equipe está de parabéns. Todos sempre com um sorriso no rosto e prontos a ajudar. Aqui o Bryan e o Abibou, que foi nota 10.

Eles também tem umas bicicletas lindas para alugar, se você for até a cidade, é a melhor opção! Estacionar por lá não é nada fácil. A cidade de Aix-en-Provence tem um centro histórico em que os carros são proibidos de entrar, as ruas são super estreitas. Enfim, não é uma boa cidade para circular de carro, nós andamos a pé e de ônibus também por lá. Os motoristas entenderam bem o inglês, me surpreendeu.

Aix-en-Provence
Cours Mirabeau, principal rua de Aix-en-Provence

Mas você vai precisar do carro para explorar a região, na minha opinião. A boa notícia é que o Hotel conta com um estacionamento para os hóspedes sem custo extra. Algo raro para cidades mais antigas.

O Hotel tem uma piscina linda, daquelas que é quase impossível de não mergulhar. Isso foi um dos fatores que avaliamos ao optar pelo Le Pigonnet quando fazíamos as pesquisas. Imaginamos que no calor seria muito gostoso chegar no Hotel ao final da tarde e ter uma piscina para refrescar, poder relaxar um pouquinho. Realmente foi uma ótima escolha.

Hotel Le Pigonnet
Delícia de piscina e a janelinha do nosso quarto, a primeira da esquerda!
Hotel Le Pigonnet
Não parece cenário de filme?

O Hotel também conta com um Spa e uma pequena academia que acabamos não utilizando. Infelizmente o tempo era curto e nesses 4 dias nós visitamos muitos lugares lindos demais!! E vou contar tudinho num post que estou preparando sobre nosso roteiro.

Por enquanto fiquem com esse aqui sobre os Calanques de Cassis, que são imperdíveis!

Nosso Quarto – Hotel Le Pigonnet

Nós ficamos em 2 quartos diferentes no Hotel, era o final da temporada de verão e estava bem cheio. Pegamos o último quarto disponível por 2 dias. E depois acabamos conseguindo mais 2 dias pois teve uma desistência. E foi difícil escolher qual deles era melhor. Um com a vista da piscina e outro com uma varandinha com a vista para o jardim. Vou dizer que eu acho que preciso voltar lá para tirar essa dúvida.

Hotel Le Pigonnet
Quarto número 1. Saudades dessa vista!
Hotel Le Pigonnet Aix-en-Provence
Quarto número 2. A vista desse quarto dá pra ver melhor lá na primeira foto do Post! A do Mount Saint Victoire.

Outro detalhe que pra mim é muito importante, roupa de cama e banho. Os lençóis eram uma delícia e as toalhas grandes e felpudas. E ainda tínhamos à disposição uma toalha de praia no quarto (esse rolinho aí em cima da cama). Eram tão lindas que acabamos ganhando 2 para trazer pra casa. Explicando: nós pedimos para levar e dissemos que íamos pagar por elas, mas eles nos deram de presente. Atenciosos demais!

No quarto tinha um cantinho do café, com capsulas Nespresso cortesia, e uma seleção de “beliscos” muito deliciosos. Os nossos preferidos foram os Calissons, doce típico da Provence, já tinham sido devorados quando tirei a foto! Não deixe de provar.

Os banheiros também são novos e de muito bom gosto. Adorei curtir meu banho de banheira. Até a janela do banheiro tinha uma vista incrível.

Nossa experiência

Chegamos de uma longa jornada, vindo de São Paulo até Paris. De lá pegamos um trem até Aix-en-Provence e ainda um taxi até o Hotel, Mas a estação de trem fica bem pertinho. Quase 18 horas depois, chegamos nesse pedacinho de paraíso, para ver que valeu a pena todo o deslocamento.

O Le Pigonnet é uma ótima base para explorar a Provence. Também adoramos curtir tudo que o Hotel oferece. Começando pelo café da manhã que era bom demais, só de sentar nessas mesinhas com a vista do jardim você já tem a certeza de estar num lugar daqueles muito privilegiados!

Hotel Le Pigonnet
Mesinhas do restaurantes preparadas para o Café da Manhã.

Eu que já amo café da manhã poderia ficar horas sentada aí. Pena que o tempo nas viagens passa sempre mais rápido, não sei o que acontece com o relógio.

Restaurantes

O Hotel conta ainda com um restaurante gourmet e um Bar que fica no meio do jardim. Acabamos jantando no Bar no primeiro dia pois chegamos tarde e foi uma delícia. Tapas e petiscos, com música ao vivo (alguns dias da semana) e a vista do jardim de presente.

Le Pigonnet
Ao fundo o Bar, aberto também durante a tarde para um café ou para petiscar.
Le Pigonnet
Uma delícia de ambiente para um aperitivo no final de tarde.

La Table du Pigonnet

Agora o ponto alto deixei para o final! A boa notícia é você não precisa estar hospedado no Hotel para poder provar. O restaurante La Table du Pigonnet.

Para explicar melhor vou confessar uma coisa. Nós jantamos lá todas as noites da nossa estadia. Ok, acredito que perdemos outros lugares em Aix que deveriam ser também muito bons. Mas duvido que algum com esse ambiente.

Esse foi daqueles restaurantes que marcaram a viagem. Comemos tão bem e fomos tão bem tratados, vou colocar algumas das opções que escolhemos.

O cardápio não é extenso, mas tem clássicos franceses executados com muito primor.  O objetivo do Chef Thierry Balligand é oferecer uma culinária simples e generosa. Com receitas com inspiração provençal e respeitando os ingredientes sazonais e os melhores produtos da região. Fica muito mais fácil estando na França com certeza. E claro nós aproveitamos, afinal curtir a gastronomia do lugar pra mim é parte importante da viagem!

La Table du pigonnet
Comemos Fois Gras todos os dias de entrada. Parece que nunca viu foie gras na vida…pois é, quase isso…
La Table du pigonnet
Sea Bass, o peixe preferido do Cesar.
La table du pigonnet
Meu Filet Rossini, delicioso clássico filet com foie gras. Amo.

O diretor do restaurante uma simpatia em pessoa, nos atendeu todos os dias, já conhecia nossos gostos, nos fez sentir em casa com certeza. E a sobremesa… uma das melhores da vida, souflê com licor de ameixa. Sem palavras! Benjamin muito obrigada por tornar nossa experiência especial.

Um lugar que dá muita saudades só de pensar e muita vontade de voltar! Se for para a Provence eu recomendo sem pestanejar ficar no Le Pigonnet.

Aproveite para reservar sua estadia no Le Pigonnet através de nossa parceria com o Booking.com

*A estadia no Hotel foi paga integralmente por nós, tivemos acesso à uma tarifa especial de imprensa. Aproveito para ressaltar que nossas impressões são isentas e prezamos pela transparência com nossos leitores sempre.

Leia aqui também mais dicas sobre a França:

Gosta de nossas dicas??

Aproveite para reservar sua viagem com os nossos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso e nos ajuda a continuar mantendo o Blog.

20 COMENTÁRIOS

  1. Que delícia de hotel! Muito conforto… Também adoro quando tem estacionamento para os hóspedes sem custo extra. Os pratos parecem ótimos e as apresentações já me deixaram encantada. Ótima dica de hotel! Adoro suas indicações. Bjs

  2. Nossa, que lugar lindo!! Fiquei com água na boca de tudo!! Acho que se fosse eu iria voltar com pelo menos alguns kilinhos a mais!! haha
    Já quero conhecer!!

  3. Lendo o relato e vendo as fotos, a sensação é de que vcs foram parar em um cenário de filme. A experiência desta hospedagem não deve mesmo ter sido menos do que incrível. Amo a Provença e quero muito voltar mais vezes. Portanto, esta dica foi valiosíssima!!

  4. Que maravilha ficar num hotel tão chique desses… uma propriedade originalmente do século 18. É como sentir no passado, mas ao mesmo tempo estando no presente. França. Ah, eu quero te conhecer demais. E farei no final do ano 😉

  5. Que hotel lindo! Me sentiria num conto de fadas! Um dia ainda quero me hospedar em algum local assim, pois nessa minha opção por ser mochileira, 90% das minhas hospedagens são hostéis e casas familiares. Amei o post, parabéns!

  6. Costumo sempre dizer que uma boa experiência de hospedagem faz a viagem ser bem melhores e os locais bem mais encantadores. Que hotel lindo e charmoso, além disso um bom atendimento como vc relatou, faz toda diferença mesmo. Dicas excelentes, parabéns 🙂

  7. A França é um espetáculo e Provence, um dos cantinhos do paraíso. E olha que ainda não conheci esse lado de Provence. Nessa minha ultima viagem, fui para o litoral, nadar no Mediterraneo e lagos nos Parques Nacionais, que também foi uma experiencia incrivel. Amei o hotel que vc indicou e esta anotadissimo!

  8. Nossa que Hotel delicioso né? gosteii da dica das bicicletas já me ganhou rs… adoro andar de bicicleta já ia se encaixar no meu perfil rs..o café da manhã humm e esse restaurante humm.. muto bom tudo!! ótima dica, vou deixar anotadinho aqui bjs

  9. Que luxo gente!! Fiquei babando aqui!! Não conheço essa região da França mas parece incrível hem!! Muita vontade de conhecer e conseguir curtir esse lugar lindo com todo esse conforto. Fora que adoro essas construções antigas que deixam tudo ainda mais charmoso.

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome