Sempre que ouvia falar de Seattle, logo me vinha à cabeça alguns nomes de bandas e cantores famosos que nasceram por ali: Jimi Hendrix, Nirvana, Pearl Jam e Alice in Chains, entre outros. Além da série Grey’s Anatomy, que se passa na cidade.

Pouco tempo depois que nos mudamos para o Vale do Silício, na Califórnia, fiquei sabendo também que Seattle é a sede de empresas importantes, tais como Amazon, Starbucks, Boeing e Microsoft. Pois foi pra lá que fomos recentemente descobrir o que a cidade tem de bom. E nos surpreendemos! Seattle é uma cidade bastante simpática e acolhedora, com ótimas opções gastronômicas e lindos passeios para se fazer com ou sem a família.

Conhecendo Seattle em um final de semana

Um final de semana foi um pouco apertado para conhecer a cidade, mas nos deu uma boa ideia do que Seattle tem de bom. O tempo? Ah, isso é um capítulo à parte, já que a cidade é famosa por passar cerca de 200 dias do ano com o céu cinza ou com chuva. Mas justiça seja feita, tivemos sorte e o sol apareceu no sábado. Mas no domingo a chuva nos alcançou e mesmo assim não nos impediu de fazer nenhum dos passeios programados. Nosso roteiro foi assim:

Sábado: Pike Market, Pier 57 e Museum of Pop Culture

Começamos o nosso sábado visitando o Pike Market. Uma das atrações turísticas mais famosas da cidade. Como o nome já diz, é um mercado público com diversas barracas de comidas e flores, entre outros produtos. Os vendedores da peixaria são uma atração à parte! Eles brincam com os polvos e peixes jogando-os pra cima e fazendo malabarismos. Encanta os turistas e deixa as crianças boquiabertas!

O Pike Market, mercado público famoso da cidade, é cheio de barraquinhas e flores, uma delícia de passeio! Conheça outras atrações legais de Seattle nesse post!
Entrada do Pike Market.

Em frente ao Pike Market, na 1st Avenue, pudemos conhecer a primeira loja da Starbucks. Sim, a rede de cafés nasceu em Seattle e sua primeira loja está aberta até hoje. E vive lotada! Neste dia em que estivemos lá, a fila saía calçada afora. Não conseguimos nem entrar para dar uma olhada se tinha alguma coisa diferente, interessante…

A parada seguinte foi para passear pelo Pier 57, que tem uma roda gigante bem no final do Pier, dando a impressão que está flutuando. Lá de cima, a vista da baía de Elliot é incrível. A Seattle Great Wheel funciona todos os dias, variando seu horário de abertura e encerramento de acordo com as estações do ano e dias da semana, mas basicamente entre 10h e meia noite. Os ingressos variam de US$9 a US$14.

Conhecendo Seattle em um final de semana - confira o roteiro nesse post!
Vista da baía de Elliot do topo da Seattle Great Wheel.

MoPop

A parte da tarde foi dedicada ao Museum of Pop Culture. Um museu de música e ficção cientifica, totalmente interativo e muito bacana de ser visitado. Ele já impressiona pela arquitetura diferenciada e painéis coloridos, que chama demais a atenção dos turistas.

Dentro do museu, crianças e adultos têm diversas opções de entretenimento e conhecimento sobre instrumentos, artistas, exposições e o mais interessante na minha opinião: todos podem brincar! Sim, lá é possível tocar instrumentos, gravar suas músicas e jogar videogame, entre outras atividades interativas. Passamos a tarde toda no MoPop, como ele é chamado por lá. O museu funciona diariamente, das 10h às 19h e os ingressos variam de US$19 a US$31, sendo que pela internet existe um pequeno desconto. O site é www.mopop.org

Descubra nesse post um roteiro para conhecer Seattle em um final de semana! O Museum of Pop Culture, ou Mopop, é parada obrigatória!
Meninas se divertiram tocando instrumentos no MoPop!

Bem em frente ao museu, que fica em uma praça enorme chamada Seattle Center, existe um grande playground, o Artists At Play. Se as crianças ainda estiverem com energia, vale a pena parar lá. O espaço é grande, ao ar livre e conta com balanços, tobogãs e o famoso (e gigante) brinquedão. Diversão garantida e de graça!

Domingo: Space Needle e Chihuly Garden and Glass

Nosso domingo também foi recheado de passeios. Voltamos ao Seattle Center, porque agora seria a vez da famosa Space Needle, a torre em forma de agulha e o cartão postal da cidade, que tem 158 metros de altura (184 metros contando a antena).

Lá de cima é possível ver toda Seattle por 360º. Apesar da fila para subir e do dia não estar tão bonito, valeu muito a pena a visita. De lá de cima a vista é de tirar o fôlego! Ah, vale a pena dizer que existe no último andar um restaurante giratório, o SkyCity. Se você utiliza o restaurante, não precisa comprar o ticket para o observatório. Mas é preciso fazer reserva, que pode ser feita pelo site: www.spaceneedle.com

Os ingressos para o observatório, que está aberto todos os dias das 8h à meia noite, variam de US$13 a US$19.

A Space Needle, cartão postal da cidade, é parada obrigatória para quem vai visitar Seattle pela primeira vez! Confira um roteiro de um final de semana nesse post!
Vista da Space Needle!

Para finalizar as atrações do Seattle Center, não deixe de visitar o imperdível Chihuly Garden and Glass, uma exibição com variados tipos de vidro. É até difícil de descrever tudo o que é possível ver por lá, mas tenho a absoluta certeza que irá te encantar. As obras do artista Dale Chihuly, que transforma o vidro em uma verdadeira obra de arte, são muito bonitas. As fotos não mentem e mostram a grandeza desse trabalho sensacional.

Ao final do passeio funcionários fazem apresentações onde exibem pequenas esculturas em vidro e explicam todo o processo de derretimento e moldagem.

O Chihuly Garden and Glass funciona de segunda à quinta-feira, das 8h30 às 20h30 e de sexta à domingo, das 8h30 às 21h30. Os ingressos variam de US$13 a US$19. Pelo site tem desconto e se combinado com o ingresso da Space
Needle, ambos saem mais baratos. Informações: www.chihulygardenandglass.com

O Chihuly Garden and Glass é uma atração incrível em Seattle! Confira o que fazer na cidade no final de semana nesse post!
Uma das obras do Dale Chihuly.

Starbucks Reserve

O nosso domingo terminou com uma visita ao Starbucks Reserve Roastery and Tasting Room. Uma experiência bem bacana com a marca, que permite que os visitantes observem a torra do café e seu maquinário, conversem com os baristas e experimentem diversos sabores de café. O salão é lindo, grandioso, com uma decoração especial e realmente parece que você está dentro da fábrica da Starbucks. Lá é possível também comprar itens da marca como canecas, camisetas e variados tipos de cafés, claro!

O Starbucks Reserve Roastery and Tasting Room fica na 1124 Pike Street e abre diariamente das 7h às 23h.

Starbucks Reserve Roastery and Tasting Room é exclusividade de Seattle, onde é possível observar a torra do café e experimentar diversos sabores! Conheça mais opções de passeios em Seattle nesse post!
Alguns grãos de café!

E assim terminamos o nosso final de semana em Seattle. Com gostinho de quero mais e a certeza de que o passeio valeu muito a pena!

RESERVE SEU HOTEL NO BOOKING.COM

COMPRE SEU CHIP E FIQUE CONECTADO EM SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARRO EM 12X SEM JUROS!

VIAJE TRANQUILO! CONTRATE SEU SEGURO VIAGEM!
COMPRE AQUI SEUS INGRESSOS, EVITE FILAS

VIAJE DE TREM PELA EUROPA, COMPRE AQUI

12 COMENTÁRIOS

  1. Que demaissss! Adorei conhecer um pouquinho mais dessa cidade por meio do seu post! E que maravilha o sol ter aparecido por ai, não sabia que a maior parte do tempo era nublado rs parece Londres rsrsrs…
    Ia adorar conhecer o Starbucks Reserve, amo um café! Beijao

  2. Que show! adorei a parte de subir no Space Needle e da ideia de almoçar no restaurante que tem lá! E eu tb sou igual você: lembro de vários filmes quando vejo alguém falando de Seattle! Eu adoro os EUA e por mim volto lá quantas vezes for possível!

  3. Também tenho curiosidade de conhecer Seattle por causa do seriado e do Pearl Jam. Achei até que fosse uma cidade meio sem graça, mas percebi através de suas dicas que há uns lugares bem bacanas para visitar como o Pier e o museu interativo, que eu amoooo. Dicas anotadas!

  4. Seattle realmente é um charme, e ohh cidade para nascer artista bom rsrs, deve ser uma experiência e tanto essa roda gigante e o space needle, poder ver tudo lá de cima é fantástico, e os valores não são tão abusivos, gostei das dicas parabéns

  5. Seattle realmente lembra, de imediato, Grey’s Anatomy. E olha que eu nunca vi um episódio da série… Mas a esposa, ah, ela viu tudo!

    Acho que o que eu mais tenho vontade de visitar é o Space Needle. E esse pier que tem uma carinha de Cidade do Cabo (provavelmente o contrário, mas enfim).

    Valeu pelo post!

  6. Eu costumo dizer que viajantes fazem milagres com o tempo, concorda? Um fds parece mt pouco, mas vc conheceu muita coisa e aproveitou bem!

    Bateu vontade de conhecer o Starbucks Reserve e o Mopop ( amo música) . Valeu pelo post.
    Abraços

  7. Sabe que na faculdade eu vi documentário sobre esse mercado de peixes?? eles Falavam sobre como você fugir do comum inclusive em um lugar que tem em todas as cidades como um mercado de peixes! Achei super legal sempre quis conhecer. O resto do post determinou que eu preciso conhecer essa cidade!! Valeu!!!

  8. Seattle é muito mais interessante do que eu imaginava! Já tinha visto os arranha céus nos filmes, mas não imaginava que tivesse tantas atrações alternativas. Amei o post!

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome