O norte da Tailândia é imperdível, cheio de templos, ruínas e mercadinhos de rua. Mas são as praias do sul do país que fazem de lá um dos principais destinos turísticos do Sudeste Asiático. Nós, brasileiros, temos uma baita sorte de morar em um país com praias tão maravilhosas. Por isso, não vai ser qualquer praia da Tailândia que vai te surpreender… Koh Phi Phi, vai.

Koh Phi Phi é o arquipélago mais turístico da Tailândia. É aquele que foi cenário do filme “A Praia”, com o Leonardo DiCaprio. Sim, vive cheio. Sim, é caro. Sim, vale a pena mesmo assim.

Eu quase deixei de conhecer Koh Phi Phi porque ouvi de muitos viajantes pelo caminho que lá é muito turístico, abarrotado e barulhento. De fato, Koh Phi Phi não deixa de ser tudo o que falaram. Mas o lugar não pode ser reduzido a isso.

Koh Phi Phi te dá opções. Dá pra se acabar na noitada, ter um jantar romântico na beira da praia ou curtir as belezas naturais mais de boa. O que Koh Phi Phi não é: um paraíso deserto. Infelizmente. Ou felizmente.

Pileh Bay é uma das praias mais bonitas de Koh Phi Phi! Descubra outros encantos desse arquipélago no post!!
Pileh Bay: d-e-s-l-u-m-b-r-a-n-t-e! (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Para se localizar

Koh Phi Phi é um arquipélago. Você chega de ferry ou speedboat em Phi Phi Don, a ilha maior e central. Todas as opções de hospedagem ficam espalhadas pelas praias dessa ilha. De lá partem passeios de barco pelas ilhas ao redor, como a famosa Maya Bay.

As praias mais bonitas de Koh Phi Phi

Maya Bay

Fica escondidinha entre paredões rochosos, tem água de cor verde-água e uma faixa de areia não muito larga, o que faz dela uma praia pequena. Parece menor ainda porque é um formigueiro de turistas. Ignore isso para não estragar a sua experiência.  Se concentre na beleza do lugar. Maya Bay é linda de morrer.

Se possível, visite a praia de manhã cedo ou no final da tarde, quando ela fica mais vazia. Eu gostei tanto de Maya Bay que acabei repetindo o passeio no dia seguinte. Ah, para descer do barco é cobrada uma entrada de 400 bahts (moeda da Tailândia), que também inclui o direito de pisar na areia da Bamboo (leia abaixo). Alguns turistas dão migué no guia, outros preferem não sair do barco. Pague, vale a pena.

Maya Bay é uma das praias mais famosas de Koh Phi Phi! Conheça mais sobre esse conjunto de ilhas da Tailândia no post!
Pra tirar foto assim, com a praia vazia, vá bem cedinho ou no final da tarde. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Maya Bay é uma das praias mais famosas de Koh Phi Phi, e em pouco tempo fica lotada! Chegue cedo e conheça as melhores praias da região!
Senão ela estará LOTADA assim. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Bamboo

A Bamboo surpreende. Para muita gente, é ainda mais bonita que a vizinha famosa. É aquela praia com areia branca e fofa, de água azulzinha. Por ser bem maior que a Maya Bay, dá a impressão de ser mais vazia. Lá também não há hotéis. Saí de lá “arrastada” pelo barqueiro. Queria ter ficado o dia todo.

Bamboo Island é uma das praias mais bonitas de Koh Phi Phi! Conheça o resto do arquipélago nesse post!
Bamboo Island (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagens em Detalhes)
A Bamboo Island é uma das praias com areia mais branca e água mais azul de Koh Phi Phi! Conheça essa e outras praias maravilhosas nesse post!
Ilha Bamboo, uma bela surpresa. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Pileh Bay

É uma baía próxima à Maya Bay. Não tem areia, só paredões rochosos e as águas clarinhas, esverdeadas. Não são todos os barcos que param lá. Procure um que pare, porque (desculpe-me pelo clichê) é um paraíso na terra. Sem exageros.

Pileh Bay é uma das melhores partes de visitar Koh Phi Phi! Conheça mais sobre esse paraíso na terra no post!
Linda, silenciosa e com uma cor de água maravilhosa. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Long Beach

É uma opção de praia bonita na ilha de Phi Phi Don, onde ficam os hotéis, que dá pra conhecer a pé. Não vai ser a praia mais bonita da vida, mas você não terá do que reclamar. Só fique esperto com seus pertences, pois macacos invadem as areias no final da tarde revirando lixos e bolsas.

Long Beach fica na própria ilha de Koh Phi Phi, é uma praia maravilhosa! Conheça mais no post!
Long Beach : gostosa e fácil de chegar. (Foto: Tuane Zancope)

Como conhecer as praias

Koh Phi Phi é um arquipélago. As praias que mencionei acima ficam espalhadas em ilhotas e só é possível conhecê-las de barco. Dezenas de agências de viagens vendem os passeios pelo centro de Phi Phi Don, a maior ilha e onde estão localizados todos os hotéis. Vai parecer que todos os passeios são a mesma coisa, mas não são. Se ficar com preguiça de pesquisar, você corre o risco de fazer um passeio não tão legal. São diferentes tipos de barco, duração de passeio, roteiro e preço. Por falar em preço, os valores são mais altos que em outras praias da Tailândia. Não fique com vergonha de negociar! Sempre dá para baixar um pouquinho o preço.

Eu fiz o passeio do dia todo no barco de madeira, o long tail boat. É a opção mais barata. Paguei 400 baht, com almoço incluído (arroz frito servido numa marmitinha de isopor). A comida é gostosa, mas a porção é pequena. Leve lanchinhos se fizer o passeio do dia todo. Até tem como comprar alguma bolacha ou macarrão instantâneo em algumas praias, mas o preço é inflacionado e não é em todo lugar que tem.

Se você tem medo de mar ou costuma enjooar, o long tail não é uma opção inteligente. Será uma daquelas economias burras. Os assentos não são confortáveis, o barco balança e vai quebrar em alguma hora do dia. No meu caso, quebrou três vezes, o que fez com que a gente perdesse o pôr do sol que seria visto do alto mar. Em compensação, o barqueiro aproveitou que já estava escurecendo e nos levou até um local bem próximo à Maya Bay para nadar com os plânctons luminosos – tipo vagalumes que ficam dentro da água. Só é possível nadar com eles em pouquíssimos lugares do mundo. E só dá pra vê-los brilhando quando você pula dentro da água. Ah, no final da noite nosso barco emperrou de vez e tivemos de ser rebocados até Phi Phi Don. Voltamos tarde, cansados, mas felizes demais.

O Long Tail Boat é uma boa opção para quem quer economizar com passeios em Koh Phi Phi! Conheça mais sobre essa ilha da Tailândia no post!
Long tail boat é uma opção barata e divertida, mas não muito confortável. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Dica 1: Se estiver com grupo de amigos, feche um long tail particular. Vocês determinam que praias conhecer e quanto tempo ficar em cada uma delas. As praias imperdíveis são: Maya BayPileh Bay e Bamboo Island.

Dica 2: Não há hotéis em Maya Bay, mas é possível passar a noite num barco e acordar com a praia vazia. O preço é alto (3.500 bahts) e os lugares acabam rapidamente. Mais informações aqui.

Dica 3: Algumas agências oferecem os passeios em barcos open bar. A opção só é indicada para baladeiros nível muito hard. Esse é o mais famosinho.

Dica 4: Muitas agências vendem passeios noturnos para nadar com os plânctons. É uma experiência bem divertida!

Koh Phi PHi é uma parada obrigatória para quem visita a Tailândia! Descubra o que fazer no arquipélago nesse post!
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Onde ficar

Os hotéis e hostels estão localizados na maior ilha do arquipélago, Phi Phi Don. Lá faz-se tudo a pé. As hospedagens mais baratas ficam em Ton Sai, a praia do píer, onde há mais mercados, barraquinhas de artesanato e lugares para comer. Fica a poucos minutos a pé da orla de Ao Lo Dalam, onde estão concentrados os bares e festas eletrônicas na areia que acontecem t-o-d-a noite. Se quiser silêncio, fuja de Ao Lo Dalam. O local mais indicado para famílias e casais é Long Beach, a praia mais bonita de Phi Phi Don e também a mais afastada do píer e da badalação.

Eu tenho a mania de bookar hostel na noite anterior ou no mesmo dia. Não é muito esperto fazer isso em Koh Phi Phi, especialmente na alta temporada. Se nos sites de busca de hospedagem a ilha estiver lotada, não se desespere. Assim que chegar no píer, vendedores ambulantes de hotéis vão pular em você oferecendo estadia. Vai parecer suspeito, mas eles preferem não pagar comissão aos sites de hospedagem. Eu fechei um quartinho no alto do morro com três brasileiros muito queridos que conheci algumas horas antes, na ferry mesmo, a caminho de Phi Phi.

Encontre os melhores hotéis para se hospedar em Koh Phi Phi no Booking.com!

O viewpoint de Koh Phi Phi é um passeio imperdível na ilha! Descubra o que mais fazer na região nesse post!
O viewpoint é o melhor lugar para assistir ao pôr do sol – se não estiver no mar! (Foto: Nathalia Tavolieri)

Check-list da vida noturna

  • Festas de música eletrônica (de graça) nas areias de Ao Lo Dalam
  • Barzinhos com música ao vivo pelas ruelas do centrinho
  • Buckets: baldinhos (sim, baldes) de bebidas alcoólicas, servidas com gelo e canudinho
  • Reggae Bar, bar incrível onde você passa a noite se entretendo com turistas (amadores ou não) se nocauteando num ringue de Muay Thai. Sem nunca ter lutado nada, criei coragem e subi no ringue. Apanhei de uma canadense, paguei mico, mas tive uma das noites mais divertidas da viagem. Com direito a medalha e baldinho como prêmio de consolação. Abaixo, foto do nocaute.
Praticar Muay Thai é uma atividade super divertida para fazer na Tailândia! Conheça mais sobre o país e a famosa ilha de Koh Phi Phi nesse post!
A de blusa preta sou eu, apanhando muito! (Foto: Nathalia Tavolieri)
Aproveitar as festas de Ao Lo Dalam é uma das atividades imperdíveis de Koh Phi Phi! Conheça mais sobre esse arquipélago no post!
Festas eletrônicas nas areias de Ao Lo Dalam. (Foto: Tuane Zancope)

Como chegar

De ferry, opção mais barata, ou speedboat, opção mais rápida. Eles partem de cidades como Krabi e Phuket (há aeroportos em ambas). Se estiver com calendário muito apertado, dá pra fazer bate-volta para Phi Phi, mas é bem cansativo.

Você também pode gostar: Railay Beach, Tonsai e Phra Nang em Krabi, Tailândia

Para chegar em Koh Phi Phi é preciso pegar um barco até o píer! Descubra tudo sobre viajar para esse arquipélago famoso nesse post!
Ferry desembarcando no píer de Ton Sai, em Phi Phi Don. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Quando ir

Entre dezembro e março você pega a época seca, sem chuvas. Mas cheque a previsão do tempo antes de ir. Importante: não é porque em uma ilha da Tailândia está sol que na outra o tempo estará bom também. Eu aprendi isso na prática e não foi legal.

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome