O Mercado da Ribeira é um mercado gastronômico que fica em Lisboa. Ele ocupa um prédio de 10 mil metros quadrados no Cais do Sodré. Inaugurado em 1882, passou por diversas transformações ao longo dos anos, inclusive por um incêndio em 1893 que destruiu parte do lindo edifício que ele se encontra.

Aos poucos foi perdendo as características só de mercado, em 2001 ficou só o comércio, com frutas, legumes, verduras, carnes e peixes.

O Mercado da Ribeira é uma parada imperdível para quem vai visitar Lisboa, em Portugal! Leia tudo sobre no post.
Fachada do Mercado da Ribeira. Foto: Mariana Bueno do blog Mariana Viaja.

Time Out Market Lisboa

Em 2010 a exploração do mercado foi concedida a Time Out pela Câmara de Lisboa, por meio de um concurso público. Depois de uma longa reforma, em maio de 2014 foram inaugurados 30 restaurantes onde se pode achar de tudo!

É muito concorrido e frequentado tanto pelo pessoal local como também pelos turistas, por ser oferecer muitas opções de gastronomia e preços convidativos. O espaço tem lugar para 500 pessoas sentadas e 250 nas esplanadas.

Chefs famosos de Lisboa, assinaram espaços próprios como: Miguel Castro e Silva, proprietário do Largo e do De Castro; Alexandre Silva do Bica do Sapato; Victor Sobral; Vitor Claro, do Claro; Henrique Sá Pessoa do Cais de Pedra; Marlene Vieira do Avenue, que tem como especialidade a francesinha do Porto; Suzana Felicidade com a Confraria da Felicidade dentre outros. Todos servem seus pratos famosos no local. Você pede seu prato e vai se acomodar numa das mesas espalhadas pelo enorme espaço.

O Mercado da Ribeira é parada obrigatória para quem vai vistar Lisboa. Confira mais no post!
Foto: Mariana Bueno do blog Mariana Viaja.

Outros não menos importantes abriram suas portas com especialidades diversas. Honorato com hambúrgueres artesanais. Asian Lab onde comi o melhor arroz de caril com frutos do mar. Café de São Bento, com um filet mignon divino. O Prego da Peixaria, onde vc pode encontrar o bolo do caco, sanduiche de lombo ou de peixe, especialidade da Ilha da Madeira. Ainda tem Pizza a Pezzi – pizza aos pedaços, a famosa Mantegaria, L’Eclair, Rive Rouge, Leitão da Ribeira; são realmente muitas opções.

Não para por aí. Há também doces, chocolates, latarias de peixes, bolinhos de bacalhau, cervejas, sucos diferenciados de frutas frescas, bolos, queijos e presuntos, croquetes. Tudo isso num ambiente totalmente descontraído e agradável. Com mesas e bancos em madeira enormes que quase sempre ficam lotados.

Você pode também tomar um Gin Tônica, que se tornou o drink queridinho em Lisboa desde 2014. E para finalizar um sorvete da famosa Santini, fundada em 1949 e considerada o melhor sorvete de Portugal. Já deu água na boca?

O espaço ainda conta com a Academia Time Out onde pode-se assistir workshops de culinária.

Esse conceito que a Time Out Portugal desenvolveu no Mercado da Ribeira vai ser projetado pelo Time Out Group em todo mundo a começar por Londres e Nova York. Já quero conhecer todos!

O Mercado da Ribeira tem aulas de culinária para quem quer aprender um pouco mais sobre a cultura local! Descubra tudo sobre esse passeio no post!
Foto: Mariana Bueno do blog Mariana Viaja.

Funcionamento

Ele abre das 10hs até a meia noite, de domingo a quarta e de quinta a sábado fica aberto até as 2hs da manhã!

Você pode simplesmente degustar uma taça de vinho enquanto passa lá por perto e admirar a arquitetura.

Localização:Av. 24 de julho no Cais do Sodré.

Todas as fotos desse post foram cedidas pela Mariana Bueno. Vejam mais dicas de Lisboa no blog Mariana Viaja.

PARCEIROS




Generic 728x90
Booking.com

COMPARTILHAR
Post anterior10 dicas de viagem que só uma mãe pode dar
Sou pedagoga, jornalista e nos últimos tempos chef de cozinha. Sou mãe de três filhas e avó de seis netos por quem sou apaixonada. Durante 20 anos trabalhei como jornalista e com a chegada da crise resolvi inovar e parti para a cozinha. Amo viajar e acabei indo morar em Portugal, trabalhei durante dois anos como chef em um restaurante de Lisboa. Voltei como portuguesa e com todas as viagens na mente. Escrever sobre elas é como voltar ao lugar duas vezes. Hoje, além da cozinha, tenho uma agência de eventos onde lido só com gastronomia de rua.

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome