Uma das vantagens de morar na Europa é que, como tudo fica relativamente perto,  frases como “vou passar um fim de semana na Holanda” não soam tão absurdas. E podem acabar em experiências muito legais tanto para quem mora na Europa como para quem está de passagem por aqui.

Para ver de perto os famosos jardins de tulipas da Holanda, sugiro um bate-volta da capital, Amsterdã, para o parque Keukenhof – o maior jardim de tulipas do mundo. Geralmente o tópico quando ir fica no final dos posts do blog. No caso dos jardins de tulipas, ele é o mais importante. Não é possível visitar o Keukenhof durante toda a primavera, apenas nas primeiras 8 semanas dela. Na temporada de 2017, o Keukenhof ficará aberto entre os dias 23 de março a 21 de maio. Programe-se para ir no meio de abril. Ano passado, eu deixei para última hora e fui no penúltimo fim de semana de maio. Já não havia tantas flores. Mesmo assim, não tive do que reclamar!

(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Bate-volta a partir de Amsterdã

O jeito mais fácil e barato é usar o transporte público. Pegue o ônibus da linha 197 (da Connexxion) com destino ao aeroporto Schiphol. Os principais pontos são a Leidseplein e a Museumplein. Chegando no aeroporto, é só pegar o Keukenhof Express (linha 858), ônibus que te deixa em 40 minutos na entrada do parque. Há ônibus saindo do aeroporto de 15 em 15 minutos. Tudo muito fácil, organizado e bem sinalizado.  Em Amsterdã quase todo mundo fala inglês direitinho, então qualquer dúvida é só ir perguntando na rua para garantir que está no caminho certo.

Cenário charmoso de Amsterdã (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Cenário charmoso de Amsterdã (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Vale a pena comprar o ingresso pela internet. Há uma opção que inclui entrada do parque + trajetos de ônibus de ida e volta, partindo de Amsterdã (€29) ou de Leiden, Haarlem e do aeroporto (€24). Só a entrada custa 16, então vale a pena o combinado. O valor do combo para crianças é de €12,50, a partir de qualquer um desses lugares.

Os ingressos comprados pela internet não têm data marcada, o que não compromete seu roteiro caso faça chuva. Torça para fazer dia bonito. Nessa época ainda faz frio na Holanda. Aqui você acompanha a previsão do tempo no parque.

Vale lembrar que também há empresas que oferecem excursões para o Keukenhof. Vantagem: você não precisa se preocupar em como chegar (embora seja bem fácil). Desvantagem: você não fica no parque o tanto de tempo que quer e custa mais caro. Aqui e aqui você encontra algumas opções (em inglês).

Se for por conta própria, saia de Amsterdã bem cedinho. Na hora do almoço e início da tarde o parque fica cheio, o que atrapalha quem quer tirar fotos das flores – só das flores, sem turistas. Mesmo se você não for fã de fotografia, não vai largar a máquina ou celular durante o passeio. O lugar é muito bonito mesmo, como se fosse a Disney das flores. Leve bateria extra para câmera, porque vai faltar. No desespero, dá para carregar na tomada da pia do banheiro, mas assim você perde tempo à toa. Fora que não será o(a) único(a) a pensar nisso.

Mapa do Keukenhof. (Foto: Divulgação)
Mapa do Keukenhof pra já se familiarizar com o local. (Foto: Divulgação)

Ao chegar no parque, pegue logo um mapa na entrada para se localizar. A área é grande e mais parece um labirinto. São 32 hectares coloridos por 7 milhões de tulipas de mais de 800 variedades. Mas passeie sem aquela pressa de pisar em todos os cantos. Dá pra conhecer o parque num dia só, dependendo do seu ritmo. Mas se não der, tudo certo também. É pra ser um passeio tranquilo.

(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Dica: Mochileiros que forem direto para o parque podem deixar o mochilão em lockers gratuitos. Se já estiverem lotados, é possível guardar a bagagem por uma taxa de 5 euros (por item).

O parque oferece várias opções de restaurantes e barraquinhas de comidas muito gostosas, como o waffle holandês (stroopwafel) feito na hora. Como estava sozinha, passei o dia enfiando o pé na jaca. No final da noite passei muito mal. Detalhe que naquela noite eu estava dividindo um quarto e um banheiro com 12 pessoas. Então, controle-se! #ficaadica

Cuidado: esse doce é viciante. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Cuidado: esse doce é viciante. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

Passeios

Eu dei bobeira. Só tive um dia em Keukenhof e acabei não alugando uma bicicleta para pedalar pelos campos de tulipas. Preferi circular a pé pelo parque, mas me arrependo profundamente. No estacionamento, próximo à entrada principal, há um local para aluguel de bikes. O preço gira em torno de 10 euros e inclui mapas de 4 roteiros pela região, que variam de 5km a 25km de percurso. Há também passeios de barco pelo parque (cerca de 45 min por 8 euros). Eu não fiz, mas ruim não pode ser.

Onde ficar

Amsterdã é uma cidade cara, onde hostel tem diária de hotel. Se já tiver conhecido a capital holandesa tente se hospedar perto do aeroporto. As hospedagens são mais baratas e você já estará no meio do caminho até Keukenhof. Mas aí, por outro lado, você perde Amsterdã by night…que quem conhece sabe que é beeem legal. Como tudo na vida, viagens também são feitas de escolhas.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Informações

Horários de funcionamento: 8h às 19h30, diariamente.                                           Entrada: adultos e idosos – 16 euros / crianças de 4 a 11 anos – 8 euros / menores de 3 anos – grátis. (preços de 2016) Mais detalhes no site oficial.

RESERVE SEU HOTEL NO BOOKING.COM

COMPRE SEU CHIP E FIQUE CONECTADO EM SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARRO EM 12X SEM JUROS!

VIAJE TRANQUILO! CONTRATE SEU SEGURO VIAGEM!

COMPRE AQUI SEUS INGRESSOS, EVITE FILAS

VIAJE DE TREM PELA EUROPA, COMPRE AQUI

HOTEIS COM AS MELHORES OFERTAS PARA SUA HOSPEDAGEM

14 COMENTÁRIOS

  1. Keukenhof é mesmo incrível! Faz anos que eu tenho vontade de ir, mas nunca lembro de me programar com antecedência, a natureza é mesmo linda na primavera e acho que todo mundo deveria conhecer um lugar assim!

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome