Viena, a encantadora capital austríaca, fica em uma localização estratégica para quem quer conhecer vários países numa viagem só. A Áustria está próxima tanto de países mais turísticos (Itália, Alemanha e Suíça), como também de países (ainda) não tão conhecidos do Leste Europeu. Um bate e volta rápido, barato e divertido a partir de Viena é para Bratislava, a capital da Eslováquia.

Até pouco tempo, a Eslováquia e a República Tcheca formavam um só país, a Tchecoslováquia, que foi divida em duas nações capitalistas após a Revolução de Veludo, em 1993.

Aqui vai a dica número 1: se possível, conheça Bratislava antes de Viena. Tipo, faça o bate e volta logo no primeiro dia que tiver na capital austríaca. Viena é maravilhosa, cheia de museus, castelos, cafés, etc., e Bratislava vai parecer um pouco sem graça se tiver feito percurso contrário.

Você também pode gostar: Programas baratos ou de graça em Viena

A cidade de Bratislava é um ótimo bate e volta para fazer a partir de Viena! Confira o que fazer por lá nesse post!
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
O Castelo de Bratislava, cartão-postal da capital da Eslováquia. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Detalhe da entrada do Castelo de Bratislava, cartão-postal da capital da Eslováquia. (Foto: Nathalia Tavolieri)
A Catedral de São Martinho é um passeio imperdível para quem vai visitar Bratislava! Descubra a melhor maneira de fazer um bate e volta para a cidade a partir de Viena nesse post!
Catedral de São Martinho, onde a imperatriz Maria Theresa foi coroada no século 14. (Foto: Nathalia Tavolieri)

COMO CHEGAR EM BRATISLAVA

A partir de Viena, você pode ir para Bratislava de trem, ônibus ou barco. A distância entre as duas capitais é de cerca de 65 km. Trem e ônibus custam quase o mesmo preço e tem quase a mesma duração. Para decidir como ir, pense no lugar onde estiver hospedado em Viena. Os trens partem da estação central (“Hauptbahnhof”), que fica na parte sul de Viena (linha vermelha U1 do metrô). Já os ônibus saem da Vienna International Busterminal, perto da estação Erdberg, mais para o leste da cidade (linha laranja U3 do metrô).

Trem

É possível comprar o bilhete nas máquinas vermelhas espalhadas pela estação central. Existe um combinado de ida e volta para o mesmo dia (“Wien-Bratislav”) por 16 euros. Os trens partem de Viena quase de hora em hora. Aqui você confere os horários direitinho. Em 1 hora você chega em Bratislava.

Ônibus

Compre a passagem pela internet. Os preços vão variar de acordo com a companhia e o horário. Os tickets mais baratos custam 5 euros, mas as passagens para os melhores horários giram em torno de 8 euros. Na prática, dá quase que no mesmo que ir de trem. Ah, a viagem dura um pouquinho mais que uma hora (com trânsito e tempo favoráveis).

Barco

O barco te leva de Viena a Bratislava pelas águas do rio Danúbio em pouco mais de 1h30. A paisagem é linda, mas o preço é mais alto também (cerca de 40 euros ida e volta). Pode ser uma boa ideia se for no verão ou primavera. As duas principais companhias que oferecem o passeio são a Twin City Liner e a Lod.

Ponte Nový most, vista do alto do castelo. Em cima funciona o restaurante UFO, a 87m de altura (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Ponte Nova, vista do alto do castelo. Em cima funciona o restaurante UFO, a 87m de altura (Foto: Nathalia Tavolieri)

CHEGANDO LÁ…

…pode ser que você se sinta um pouco confuso, pois quase não há placas em inglês. Mas sempre haverá um eslovaco gente boa disposto a ajudar.  Se o tempo estiver bonito, dá para caminhar tanto da estação de trem como da rodoviária até o centro velho. A rodoviária fica mais perto, a uns 15 minutos a pé. Se preferir economizar tempo, pegue algum ônibus que te deixe na old town. O bilhete é barato (em comparação com Viena), 90 cents de euro, e deve ser comprado na maquininha laranja ao lado do ponto.

Assim que pisar no centro velho, vá para o ponto de informações turísticas e pegue um mapa da cidade para se localizar. Como a parte turística de Bratislava é pequena, dá para circular por cada cantinho a pé e sem pressa.

Ruela fofa do centro velho. (Foto: Nathalia Tavolieri)
Ruela fofa do centro velho. (Foto: Nathalia Tavolieri)
Detalhe para a rua mais estreita de Bratislava. (Foto: Nathalia Tavolieri)
Detalhe para a rua mais estreita de Bratislava. (Foto: Nathalia Tavolieri)

O QUE FAZER

A lista de atrações turísticas de Bratislava não é das mais longas e depende muito do estilo de viagem de cada um. As consideradas mais importantes são o Castelo de Bratislava, a Igreja Azul, a Catedral de São Martinho e a praça central com esculturas interativas de bronze espalhadas por ela. O site oficial da cidade é bem informativo e dá sugestões de roteiros pra quem ficar mais de um dia na capital da Eslováquia. Vale a pena dar uma lida. Ah, isso vale para todas as cidades que visitar. Geralmente, há sites oficiais com tudo o que precisa saber. 

Minha sugestão: reserve a parte da manhã para visitar o castelo e as igrejinhas do centro histórico. Passe a tarde em um ou mais barzinhos de Bratislava. A bebida é MUITO mais barata que em Viena. Paguei 1,20 euro por meio litro de cerveja! Em Viena, paga-se facilmente 4 euros. Os botecos mais baratos ficam nas ruelas que dão acesso ao centro velho, não na praça principal.  Na subida a caminho do castelo há alguns deles. Na região próxima ao centro de compras Eurovea tem várias opções de bares e lugares para comer.

Existe também a opção de fazer um tour num trenzinho vermelho (no estilo Hop On – Hop Off), passando pelos principais pontos turísticos e ouvindo um pouco sobre a história de cada um deles sem sair do veículo. Eu não fiz, mas acho que deve ser legal para quem não está com tanta disposição em bater perna. Aqui você encontra todas as informações.

O Castelo de Bratislava. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
O Castelo de Bratislava. Dentro dele funciona um museu de história da Eslováquia. (Foto: Nathalia Tavolieri)
É possível caminhar do centro até o alto do castelo. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
É possível caminhar do centro até o alto do castelo. O trecho é de subida! (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
O Portão de São Miguel, no coração do centro velho. (Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
Esse trenzinho vermelho passa por todos os pontos turísticos de Bratislava, uma ótima cidade para fazer bate e volta a partir de Viena! Conheça mais sobre essa viagem no post!
Esse trenzinho vermelho leva turistas pelos principais pontos turísticos de Bratislava. (Foto: Nathalia Tavolieri)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

QUANTO TEMPO FICAR EM BRATISLAVA

O centro velho da cidade é pequeno e em poucas horas dá para conhecer os principais pontos turísticos de Bratislava. Se estiver com o orçamento apertado, sai bem mais barato dormir em Bratislava do que em Viena. Os preços das baladinhas e bares também são mais baixos. Mas se puder escolher, durma em Viena!

(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)
(Foto: Nathalia Tavolieri / Viagem em Detalhes)

RESERVE SEU HOTEL NO BOOKING.COM

COMPRE SEU CHIP E FIQUE CONECTADO EM SUA VIAGEM

ALUGUEL DE CARRO EM 12X SEM JUROS!

VIAJE TRANQUILO! CONTRATE SEU SEGURO VIAGEM!

COMPRE AQUI SEUS INGRESSOS, EVITE FILAS

VIAJE DE TREM PELA EUROPA, COMPRE AQUI

HOTEIS COM AS MELHORES OFERTAS PARA SUA HOSPEDAGEM

6 COMENTÁRIOS

    • Carol, a Eslováquia faz parte da zona Schenguen…no trem eles não carimbam. No ônibus acho difícil também, mas se o seu passaporte for controlado na fronteira você pode pedir 🙂
      Bjs e boa viagem!

  1. Estou indo para a Europa agora em maio, fiquei interessada neste bate e volta para Bratislava, mas não se se vai dar tempo. Quantas horas se gasta mais ou menos para conhecer o centro da cidade? Indo de encontro à dica dada, planejo deixar a visita em aberto, a depender do ritmo do turismo em Viena 🙂 Aparentemente Viena é mais magnífica, mas a gente sempre tem aquela vontade de pensar “fui para mais um país” hahaha. Adorei todo o post.

    • Oi Natália,
      Obrigada!! Olha depende muito do seu ritmo, claro, mas em uma tarde ou uma manhã é possível conhecer a cidade! Viena é lindíssima mesmo, mas vale a pena conhecer se tiver tempo!
      Um beijo e ótima viagem!!
      Renata

Deixe uma resposta

Deixe sue comentário
Preencha seu nome